| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

SOM DA VIDA - Região Serrana / RJ
Desde: 16/08/2003      Publicadas: 50      Atualização: 18/11/2004

Capa |  ARQUEOLOGIA BÍBLICA  |  ARTIGOS  |  CLASSIFICADOS  |  CURIOSIDADES  |  Desenvolvimento Pessoal  |  EMPREGOS  |  Endereços e Telefones Úteis  |  ESTUDOS  |  EVENTOS  |  IGREJAS  |  IMÓVEIS  |  Mensagens Subliminares  |  NOSSA GENTE  |  PLANETA GOSPEL  |  Projeto Déboras  |  Religião - Mundo  |  SOM DA VIDA  |  TESTEMUNHOS  |  TURISMO NA SERRA  |  UTILIDADE PÚBLICA  |  VISITAÇÃO


 PLANETA GOSPEL
  27/03/2004
  0 comentário(s)


Oficina G3
Essa entrevista foi feita de forma interativa, isto é, recebemos perguntas dos usuários do Supergospel, escolhemos as melhores e mandamos para o Oficina G3. Muito obrigado pela colaboração de todos!
Oficina G3(Maio 2002)
Supergospel: Qual o porquê da saída do Walter?
Oficina G3: O Waltão saiu da banda por motivos pessoais e particulares. Por esses problemas serem pessoais, é tudo o que posso dizer. A pessoa mais certa para falar sobre o assunto é ele mesmo. Creio que foi a decisão correta, onde assim ele pode estar resolvendo todos seus problemas pessoais. Posso dizer que ele está congregando em uma igreja e está sob orientação de um pastor.

Supergospel: Tem chance dele voltar para a bateria do Oficina G3?
Oficina G3: Sobre a chance de volta, não posso dizer nada, pois nem sei se amanhã estarei vivo! O amanhã pertence a Deus, como a bíblia mesmo diz. Sendo assim,óo Deus sabe. O que quero e espero para o G3 é sempre estar e buscar a vontade de Deus. Saiba que se Deus assim o quizer, o Waltão vai voltar a tocar conosco, pois o G3 não é muleta e nem emprego pra músicos, e sim um ministério que nasceu no coração de Deus e é Ele mesmo que coordena e controla.

Supergospel: O Walter está numa nova banda?
Oficina G3: Sobre o fato dele estar em uma nova banda, não sabemos ao certo. Lemos em uma revista que ele esta formando uma nova banda, mas não podemos afirmar, pois já faz algum tempo que não falamos com ele devido a vários fatores, um deles, tempo.

Supergospel: O G3 já tem um novo baterista?
Oficina G3: O G3 não pensa em colocar ninguém tão cedo no lugar do Waltão. Como disse anteriormente, Deus é quem sabe do futuro. não temos e não estamos procurando bateristas. Estamos tocando com 2 amigos bateras que alternam a agenda dos shows. E isso vai continuar indefinidamente até Deus falar diferente. Quero apenas alertar a todos que nosso papel de cristão é orar e pedir que Deus abençoe ao Waltão e a nós, que Ele faça o melhor e que possamos estar sempre no centro da vontade de Deus.

Supergospel: Quando o G3 entra em estúdio pra gravar o novo CD?
Oficina G3: Ainda não tem data certa para entrarmos em estúdio. O que posso dizer é que até Agosto o CD estará pronto.

Supergospel: Qual será o estilo musical do novo trabalho?
Oficina G3: O estilo não muda. Continuaremos a tocar o que gostamos: baladas, o bom rock, etc. Estamos na fase de pré-produção, e posso adiantar que este novo trabalho está um pouco mais pesado do que "O Tempo". Acho que ficará até um pouco mais pesado do que o CD "Indiferença", um peso diferente, atual.

Supergospel: Já tem um nome?
Oficina G3: Ainda não tem um nome definido, pois ainda não decidimos qual música vai ser o carro chefe do CD.

Supergospel: As músicas estão prontas?
Oficina G3: Sim, as músicas já estão prontas e estão sendo arranjandas.

Supergospel: Você pode adiantar alguma coisa do novo?
Oficina G3: Lamento. Voce guarda segredo? Nós também. Aguardem.

Supergospel: Como vocês encaram a fama?
Oficina G3: Não nos sentimos famosos. Nos sentimos felizes e gratos a Deus pelo reconhecimento que toda a galera tem dado a nós. Deus tem nos dado muitas coisas, e uma delas, a mais importante, um coração cheio de vontade de abençoar e ser instrumento nas mãos de Deus. Assim, não existe fama. Fama existe para quem retém o que recebe. Não retemos, passamos toda glória a Deus e isso nos faz ver que já é uma extraordinaria honra sermos vasos e instrumentos em suas mãos.

Supergospel: E o que pensa sobre fã-clubes, tietagem e autógrafos?
Oficina G3: Olha, sobre autógrafos, tietagem e fa-clubes, não vejo problema. Se o fariseu tem problema com o termo FÃ-CLUBE, não tem problema, mudamos o nome. Se o problema é o rótulo, muda-se. Podemos chamar de clube de amigos, clube de intercessores, pois esse é o verdadeiro motivo de se fazer um clube de pessoas que gostam e fazem tudo em busca de um objetivo unico. A tietagem é algo que existe e quem a recebe tem que saber a hora de freiar os animos. Quando sentimos que a coisa está passando dos limites, nos impomos. Assim, não há problema sem solução. O autógrafo é uma forma de carinho das pessoas para conosco. Não vejo problemas em dá-los. Acho legal poder ter algo de quem gostamos, seja uma assinatura ou um objeto. Assim, vejo com a maior simplicidade quando uma pessoa me pede que assine um pedaço de papel para ela. Sinto-me honrado em ser uma pessoa importante para essa pessoa e junto a minha assinatura, vai um pedido de oraçãoo e um agradecimento pelo carinho e amor nos dado com as palavras e com os gestos.

Supergospel: É certo existir essas coisas no meio Gospel?
Oficina G3: Não vejo problema em existir isso no nosso meio, só tenho convicção de que temos que segurar as rédias e sempre mostrar a todos que somos normais, acessíveis. Assim, tudo fica claro e os exageros se vão.

Supergospel: Vocês pertencem a alguma denominação comum ou cada componente é de uma igreja diferente?
Oficina G3: Moramos muito longe um do outro. São paulo é imensa. Assim sendo, frequentamos igrejas perto de nossas casas. Eu frequento a Comunidade da Graça. O Juninho, o Duca e o Ivan (nosso empresário) frequentam a Igreja Batista da Água Branca. O PG frequenta a Comunidade Estrela da Manhã.

Supergospel: Vocês tem cobertura de alguma igreja?
Oficina G3: Somos cobertos como membros das respectivas igrejas e todas elas nos abençoam e cobrem o nosso ministério em amor.

Supergospel: Qual o motivo da saída da Gospel Records?
Oficina G3: Deus nos abriu uma porta melhor. A MK Publicitá é uma empresa séria, competente, correta e tem nos valorizado muito. Buscamos crescer, alcançar e estender a tenda, como a bíblia nos ensina. Assim, fechamos contrato com a MK porque sentimos que era a hora de sair da Gospel Records. Sentimos e pedimos a Deus que falasse ao nosso coração e Ele falou. Deu-nos carta branca e assim assinamos com a MK. Estamos vivendo um momento muito digno e feliz. Os problemas ainda existem, mas hoje já conseguimos viver do nosso ministério. E isso só foi possível de 2 anos para cá.

Supergospel: Existe chance de voltar?
Oficina G3: Meu, não falo do amanhã. A bíblia nos ensina - basta o mal de cada dia - assim sendo, o dia de amanhã, entrego nas mãos de Deus porque sei que Ele tem o MELHOR pra mim, para nós do G3 e pra vocês do SuperGospel. um grande abraco e que Deus abençoe todo o trabalho que vier às mãos de vocês.




  Mais notícias da seção Entrevista no caderno PLANETA GOSPEL
17/04/2004 - Entrevista - Oficina G3 fala sobre o novo CD da banda e o Juninho como vocalista
O G3ManiA, o maior site não-oficial do Oficina G3, fez uma entrevista bem interessante com o Oficina G3 a banda num restaurante japonês de São Paulo. Nesta entrevista, a banda fala sobre o novo CD, que já está sendo produzido. Além disso, alguns componentes da banda disseram que por eles, o Juninho já seria o vocalista oficial. O Juninho poré...
27/03/2004 - Entrevista - Juízo Final
Essa entrevista foi feita com o Betinho Fonseca, que é baterista e líder da banda. ...
27/03/2004 - Entrevista - PG
Apesar de ser uma decisão difícil, estou em paz, pois tenho certeza que foi direção de Deus para a minha vida, meu tempo no Oficina G3 acabou, como a bíblia diz: "Há tempo pra tudo debaixo do céu..."....
27/03/2004 - Entrevista - Luciano Manga
Luciano "Manga" Azevedo Kuhn, casado com Maria Cristina (Pita) e pai de Kauê (14 anos) e Lucca (3 anos) é ex-vocalista do Oficina G3, é pastor da Vineyard no Rio de Janeiro e prepara-se para lançar o seu primeiro CD solo. ...
27/03/2004 - Entrevista - Catedral
"A postura de uma banda cujos componentes são cristãos mas que tocam música secular para o povo não-cristão não é comum no Brasil, mas é bem comum nos EUA. O Catedral é uma banda assim?" ...
27/03/2004 - Entrevista - Samuel Barbosa - FILHOS DO HOMEM
...Creio que nós estamos buscando mais a presença de Deus do que qualquer outra coisa na nossa vida , a vontade de Deus mais do que qualquer coisa, os seus sonhos e planos para esta geração, mostrando a todos que é possível viver em santidade......
27/03/2004 - Entrevista - Metal Nobre
"O objetivo do grupo é pregar a palavra de Deus a todos e detonar o capeta e seus capirôtos! Fomos chamados para evangelizar essa galera que precisa de Jesus"...
27/03/2004 - Entrevista - Fruto Sagrado
Essa entrevista foi feita de forma interativa, isto é, recebemos perguntas dos usuários do Supergospel, escolhemos as melhores e mandamos para o Fruto Sagrado. Muito obrigado pela colaboração de todos! ...
27/03/2004 - Entrevista - DJ Alpiste
DJ Alpiste, as opiniões dos cristãos se dividem ao se falar de música secular. Você concorda de um crente ouvir uma música secular, isto é, do "mundo"? Leia a entrevista com o DJ Alpiste....
27/03/2004 - Entrevista - Rodolfo Abrantes - RODOX
Esta entrevista aconteceu durante um ensaio da banda RODOX num estúdio em São Paulo. Num batepapo descontraído, Rodolfo nos falou sobre música, as críticas relacionadas à sua conversão, sua saída do Raimundos, e é claro, sua nova banda. Assistimos ao ensaio das músicas do CD "Estreito", e podemos falar que o CD ficou muito bom! ...



Capa |  ARQUEOLOGIA BÍBLICA  |  ARTIGOS  |  CLASSIFICADOS  |  CURIOSIDADES  |  Desenvolvimento Pessoal  |  EMPREGOS  |  Endereços e Telefones Úteis  |  ESTUDOS  |  EVENTOS  |  IGREJAS  |  IMÓVEIS  |  Mensagens Subliminares  |  NOSSA GENTE  |  PLANETA GOSPEL  |  Projeto Déboras  |  Religião - Mundo  |  SOM DA VIDA  |  TESTEMUNHOS  |  TURISMO NA SERRA  |  UTILIDADE PÚBLICA  |  VISITAÇÃO
Busca em

  
50 Notícias